PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por ROGÉRIO QUEIROZ em Sab 13 Jul 2013, 13:47

Relembrando a primeira mensagem :

Creio que quase todos aqui começaram as suas criações com os famosos pés-duros.

Esse tópico está sendo aberto com a intenção de colocarmos nossas histórias, fatos e fotos/vídeos sobre essa paixão.


Abraços,


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ROGÉRIO QUEIROZ
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 669
Pontos : 791
Idade : 51
CLUBE : SOAM
CIDADE/CITY : RIBEIRÃO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/canarilpenhaepinto

Voltar ao Topo Ir em baixo


Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por wagnercacique em Seg 18 Nov 2013, 09:44

Francisco, sabe porque não existe stand para os Belgas?
Porque muitos criadores perderiam seus planteis milhonários de canto para eles.
Tacharam eles como SRD, mas assim como na natureza criam como querem e com que querem.
Tenho certeza que se libera-sem  a entrada deles em torneios, muitos criadouros grandes cairiam.
avatar
wagnercacique
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 65
Pontos : 83
Idade : 53
CIDADE/CITY : Ramos
ESTADO/PROVÍNCIA : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Seg 18 Nov 2013, 10:48

Ola Wagner.

Essa história é muito complicada, já debati muito sobre os chamados ¨pé duro¨, sem nunca chegar a um consenso.

Quanto ao segmento Canto, não entendo nada, já acompanhei discussões em outros fóruns e continuei sem entender nada. Acho que, no que se refere a canto, é uma questão de gosto.

Hoje tenho aqui Frisado do Norte que canta muito, por acaso o que mais canta é um verde (salsa).

abraço
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Qui 05 Dez 2013, 16:46

Ola amigos.

Quem esta criando pé duro este ano?

Como vai a criação?

Estou tentando com um casal, esta na terceira fêmea e só agora nasceu um filhote.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A primeira fêmea comprada em Pet, até agora não aprontou.

A segunda fêmea tambem comprada em Pet, tentei duas chocas, mas os filhotes morriam antes de nascer.

A terceira e atual, frisada (meia pena), primeira choca 4 ovos, um filhote e três brancos.
abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por William de Souza em Seg 09 Dez 2013, 19:45

Olá amigos,

Eu crio pé duros e estou com uma fêmea com quatro ovos e devem nascer em 16 de dezembro, estou muito ansioso, pois é a minha primeira ninhada.

Sou criador novato.
avatar
William de Souza
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 3
Pontos : 7
Idade : 44
CIDADE/CITY : Belo Horizonte
ESTADO/PROVÍNCIA : MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Seg 09 Dez 2013, 20:12

Boa sorte William.

É muito gratificante ver os filhotinhos nascerem.

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por ANGELO BASTOS em Ter 10 Dez 2013, 16:34

BOA SORTE WILLIAN.
DEPOIS NOS CONTE O RESULTADO.
ABRAÇO


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1751
Pontos : 2016
Idade : 47
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Ter 10 Dez 2013, 23:11

Boa noite pessoal.
Será que algum dia a FOB terá interesse em transformar o Canário Belga (SRD), em uma raça.
O pessoal que participa dos torneios da FOB, apresentem esta ideia aos Juízes. Quem sabe um dia os SRD formarão uma nova raça com várias cores.
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Qua 11 Dez 2013, 10:03

Ola Paulo.

Isso é impossível, pois como o próprio nome diz SRD (sem raça definida), não seria possível estabelecer um padrão (Standard) da raça.

Sou um grande defensor do canário pé duro, pois o crio a quase quarenta anos, veja a terceira resposta a este tópico, onde publiquei um possível Standard do pé duro (caso existisse).

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Qua 11 Dez 2013, 14:49

Boa tarde pessoal.
Francisco, achei muito bem bolado quando você publicou a ideia de um standard (página 1).
Fico triste quando chamam de SRD (igual aos cachorros, quando chamam de vira-lata).
Algum dia, alguém vai escolher tamanho/cores e tentar oficializar uma nova raça.
O canário belga é o primeiro pássaro da maioria das pessoas, e continuam muito queridos mesmo por criadores de raças de porte/cor/canto.
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por wagnercacique em Sex 13 Dez 2013, 09:33

Esquece Paulo, acho que isso nunca vai acontecer. Não vão se arriscar....
E outra coisa Paulo, não são SDR / pés duros, são os verdadeiros Canários Belgas. Algum esperto, disse que criou uma nova raça e começou a descaracteriza-los para valorizar sua criação, só isso.
avatar
wagnercacique
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 65
Pontos : 83
Idade : 53
CIDADE/CITY : Ramos
ESTADO/PROVÍNCIA : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Sex 13 Dez 2013, 10:24

Ola amigos.

Wagner, na realidade esse que em alguns lugares são chamados de ¨Canários Belgas¨, em outros são chamados de ¨Canários do Reino¨, em outros apenas de ¨Canarinho¨, ou SRD, ou pé duro, não é o canário original, pois o canário original ou Canário Silvestre é o ¨Serinos Canaria¨ que é natural dos Açores, Ilhas Canárias e Ilha da Madeira.

Este é o canário silvestre.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A partir dele é que surgiram inúmeras raças pelo mundo todo, quanto ao Canário Belga, hoje são reconhecidas pela COM, apenas duas raças que eu me lembro, o Malinois, raça de canto e o Bossu Belga, raça de porte. Já existiram e foram extintas provavelmente, outras raças como o ¨Bult Belga¨ por volta de 1800, o ¨Waterslager¨ por volta de 1870, e provavelmente outras que não se tenha registro.

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Sex 13 Dez 2013, 10:38

Bom dia pessoal.

     Li a alguns anos atrás na Revista Globo Rural, que os nomes que damos ao Serinus canaria seria:
Canário Belga = Os canários chegaram em um navio com a bandeira da Bélgica.
Canário do Reino = Os canários chegaram em um navio com a bandeira de Portugal.
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Sex 13 Dez 2013, 14:13

Boa tarde amigos do Universo dos Canários !

Tenho alguns canários SRD, cantam muito.

Quando iniciei a minha criação em 2.008, nasceram todos e eram SRD

Em 2.010, comecei com um casal de canários brancos, mas nasceram apenas quatro filhotes e não consegui criar mais.

Os filhotes dos canários brancos deram um trabalho para mante-los vivos e saudáveis, hoje estão bonitos, mas não consegui formar nenhum casal.

Vou tentar no próximo ano criar os canários brancos.

CÉLIA
avatar
CÉLIA MARIA CAYRES
Membro Ativo
Membro Ativo


Feminino BRASIL
Mensagens : 618
Pontos : 714
Idade : 52
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Sab 14 Dez 2013, 09:06

Ola amigos.

Paulo é este o artigo da revista Globo Rural que você fez referência?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Publiquei apenas o endereço do site porque a página proíbe a publicação do artigo.

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Sab 14 Dez 2013, 12:49

Boa tarde pessoal.

     É esta mesmo Francisco, obrigado.
     Vejam que no fim da reportagem tem outros links sobre canários.
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por MARTÍN em Sab 14 Dez 2013, 13:57

Canário-belga

Com belas cores e talento para cantar, o passarinho pode ser uma boa fonte de lucros. Ou uma interessante terapia

Texto João Mathias
Consultor Fabio Morais Hosken*

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Existem mais de 400 cores de canários reconhecidas no mundo. Mas é a amarela, da linhagem belga, a mais popular por aqui. A busca por novas e diferentes tonalidades e combinações é um dos principais objetivos de boa parte dos criadores, que também se interessam pela definição do porte do pássaro. Apresentação em exposições e melhoramento genético da raça são outras finalidades da criação comercial do canário, que ainda desperta a atenção pelo seu belo canto.

A origem do canário-belga é, obviamente, a Bélgica. No entanto, apenas a linhagem a que ele pertence é que veio de lá, pois os antepassados dos exemplares dessa e de outras variedades têm raízes nas ilhas Canárias, um arquipélago do Atlântico junto ao continente africano. Os canários-do-reino, por exemplo, são da mesma espécie do belga, mas ganharam essa denominação por que as aves costumavam chegar ao Brasil vindas do 'reino' de Portugal. Já o canário-da-terra, sim, faz parte de uma outra espécie, nativa do Brasil.

Pertencente à família dos Fringilídeos, o canário-belga mede entre 14 e 15 centímetros da ponta do bico à extremidade da cauda. A cabeça é pequena e estreita, as pernas longas, o peito arredondado e cheio. A plumagem é compacta e lisa, sem frisos. Como é um animal de origem estrangeira, a criação não precisa de autorização do Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O canário não dá trabalho. Exige pouco espaço, e sua criação pode ser mantida na cidade ou em áreas rurais, servindo até como terapia para algumas pessoas. Entretanto, como é pequeno e frágil, demanda cuidados no manejo. Quando em grupo, os pássaros podem ser acomodados em viveiros; casais podem ficar em gaiolas separadas. As gaiolas mais recomendadas são as de arame galvanizado, que podem ser encontradas facilmente no varejo.

Apesar de vulneráveis a doenças respiratórias, os canários logo se curam se prontamente tratados com medicamentos vendidos em lojas especializadas. Mas é preciso separar o pássaro doente, no caso de enfermidades mais prolongadas. É recomendável manter limpo o local de criação e fora do alcance do sol e do vento. Para evitar acúmulo de sujeira e falta de ventilação, mantenha a posição da gaiola a dois centímetros da parede.

Raio X

CRIAÇÃO MÍNIMA: três casais
INVESTIMENTO INICIAL: 1.400 reais (aves, gaiolas e equipamentos)
RETORNO: 18 meses
REPRODUÇÃO: três posturas por ano, cada uma com quatro crias em média

Mãos à obra

NÍCIO - comece a atividade com apenas três casais de canários-belgas (320 reais cada casal) e com a finalidade da criação definida. Se, por exemplo, a intenção for participar de concursos e exposições, é indicado escolher pássaros com cores predeterminadas. No entanto, seja qual for o interesse pela criação, os canários devem ser saudáveis, jovens, com plumagem brilhante, pés sem inchaço e respiração silenciosa. Uma gaiola para cada casal é o suficiente, mas é bom adquirir mais unidades de reserva para os futuros filhotes.

AMBIENTE - o local de criação precisa ser bem arejado e contar com boa incidência de luz. Recomenda-se manter a temperatura em torno de 25 graus e a umidade relativa do ar a 60%.

GAIOLAS - as medidas adequadas para as gaiolas são 80 x 50 x 60 centímetros. Os modelos retangulares, com mais espaço, são os mais indicados. Devem possuir suportes do lado de fora para encaixar bebedouros e comedouros. Do lado de dentro, devem ter uma grade vertical removível, para separar o macho da fêmea fora do período de cruzamento. É importante que o piso seja uma grade sobressalente sob uma bandeja, que pode ser forrada com papel absorvente ou com folhas de jornal, o que torna a limpeza mais prática.

ACESSÓRIOS - os poleiros devem ser de madeira, com ranhuras e elípticos, com dez a 12 milímetros de diâmetro e ligeiramente achatados. Para os bebedouros e comedouros, escolha os do tipo meia-lua. Utilize três comedouros, pois os canários fazem três refeições diferentes durante o dia. Evite o acúmulo de sujeira nos bebedouros com lavagem diária, utilizando bucha e água corrente.

HIGIENE - limpe diariamente as gaiolas e troque o forro do piso. Desinfete os poleiros e retire todas as fezes da gaiola, pois sua presença pode causar coccidiose, doença que leva a mortalidade elevada no plantel. A umidade excessiva, bem como correntezas de ar, pode causar problemas e doenças respiratórias.

ALIMENTAÇÃO - para alimentar o canário-belga não há muito segredo. Ovo cozido, couve, almeirão, alpiste e também ração balanceada podem ser oferecidos na primeira fase da vida. Ração especial para os filhotes pode ser encontrada no varejo. Abasteça os comedouros para que os pais mastiguem e, em seguida, regurgitem essa pasta na garganta dos passarinhos.

REPRODUÇÃO - o período entre agosto e dezembro é o mais propício para a reprodução, cujo ciclo demora cerca de um mês. Os canários chegam a gerar até oito filhotes nessa época. As fêmeas gostam de fazer ninhos para as crias, por isso coloque fios de estopa ou aniagem ao alcance delas. A grade divisória da gaiola pode ser removida logo que a canária iniciar a montagem do ninho. Assim que forem chocados os ovos, troque o ninho para impedir que fungos e piolhos se alojem no material.

Fontes e informações sobre artigo postado acima:
*Fabio Morais Hosken é zootecnista e consultor para criação de animais, (31) 9807 7001, [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Onde adquirir: Marcelo Maluf (31) 3411 6886; Sérgio Adriano Custódio (11) 3984-0396
Mais informações: ABC Aves - Associação Brasileira de Criadores de Aves de Raça Pura, endereço para correspondência: Rua Ferrucio Dupré, 68, CEP 04776-180, Interlagos, São Paulo, SP, [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3152
Pontos : 4735
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Qua 18 Dez 2013, 10:46

“Meu reino por um canário"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Criadores e pesquisadores revelam que as aves são bem mais do que beleza e canção. Elas “conversam” entre si, têm códigos de comunicação e até apresentam “concertos” em quarteto
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Texto Clarice Couto
Fotos Manoel Marques
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
CANÁRIOS DE COR: seu ancestral era das Ilhas Canárias. De lá, foi levado à Europa, onde os cruzamentos deram origem a novas variedades de tons
Quantas canções já evocaram belos pássaros para expressar a emoção que transbordava de seu autor? 'Olha! Um tico-tico mora ao lado e, passeando no molhado, adivinhou a primavera', da preciosa 'Chovendo na Roseira', de Antônio Carlos Jobim, 'A majestade, o sabiá', de Roberta Miranda e 'Canário-do-reino' (Não precisa de dinheiro/pra se ouvir meu canto/eu sou canário-do-reino/e canto em qualquer lugar) são só algumas delas. Isso porque, na mata ou em casa, cantando ou colorindo os lugares onde vivem, eles trazem alegria, paz e até romantismo à vida de muita gente. Mas há quem faça mais do que somente observá-los de longe. Muitos dedicam todo o seu tempo livre, e até sua carreira, a essas pequenas belezas aladas.

Ivo Prado, dono de uma gráfica na interiorana cidade de Itatiba, SP, cria canários há mais de 35 anos e há 16 participa de competições. Ainda criança, já se empolgava com a velha travessura de caçar passarinhos com armadilhas. 'Sem fazer mal algum ao bichinho', ressalta ele. Aos 20 anos, soube de um clube de criadores em Campinas, onde cursava Engenharia Civil. Ali, descobriu que não haviam cinco ou dez cores de canários, mas 564. Racional e organizado, se direcionou para os de cor cobre - ao olho humano puxam mais para o laranja. Começou com cinco casais. Hoje tem 60, com 350 filhotes.
Tamanha passarada não requer grande espaço. Prado acomoda todas as gaiolas em dois cômodos rigorosamente limpos nos fundos de sua casa. A rotina mudou, claro, e para cumpri-la teve de contratar, há seis anos, Dona Bernadete de Paula, de 59 anos, que trabalha na casa do criador de segunda a sexta-feira exclusivamente em função da criação. 'Eles são lindos, mas enjoados', comenta, como se falasse dos filhos criados. Diariamente, ela troca a água e prepara a farinhada, ração enriquecida com um toque particular de Prado: ela leva papinha de maçã. A cada quatro dias, renova as sementes. Também lava e seca todos os potinhos, troca o papel do fundo de cada gaiola três vezes por semana e limpa as grades semanalmente. Por mês, são 60 quilos de sementes e 30 de farinhada - uns 700 reais, mais o salário da dona Bernadete.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
IVO PRADO: a paixão por canários o levou a contratar uma pessoa exclusivamente para o trato dos passarinhos
Tanto esforço tem uma mira: chegar o mais próximo possível do padrão de cor e forma estipulados para a ave que cria. Na primeira quinzena de julho, ele levou cerca de 60 delas, selecionadas a dedo, para o centro de eventos da FOB - Federação Ornitológica Brasileira, em Itatiba, para participar da segunda fase do 57º Campeonato Brasileiro de Ornitologia, dedicado a canários. A primeira fase, realizada em abril, analisou agapornis, periquitos, psitacídeos e aves exóticas. As duas etapas atraíram cerca de 40 mil visitantes e quase 650 criadores de todo o Brasil.
Quando uma de suas aves sai vencedora, ele não recebe qualquer prêmio em dinheiro. Apenas uma medalha e um troféu. Seus gastos são amortizados pela venda de filhotes na época do concurso. Mas Prado argumenta que, se a idéia fosse obter lucro, não os teria. 'Faço porque gosto de criá-los, da expectativa para saber como nascerá o próximo filhote e das amizades que fiz através dos clubes e concursos', diz.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
FORPUS coelestis pastel, psitacídeo que também pode ser criado em casa
Criar canários domésticos, na opinião de quem é do ramo, é a melhor forma de combater o tráfico de animais silvestres. 'Se alguém deseja ter uma ave, que busque uma como essas, que nascem em viveiros registrados. Um dos lemas dos clubes de criação é a preservação, evitar tirar da natureza uma espécie nativa', explica Prado. Criar canário doméstico é uma prática permitida pelo Ibama, assim como criar cães ou gatos.
O ancestral originário dessa espécie, a Serinus canaria, de cor verde, é originário das Ilhas Canárias - daí o nome -, território espanhol situado na costa noroeste da África. Pelos idos de 1.500, ele migrou para a Europa e se tornou mascote dos nobres. Lá, há uns dois séculos, já se faziam comparações entre pássaros da mesma cor, segundo conta o presidente da Confederação Ornitológica Mundial e da FOB, Luiz Fernando Beraldi. Hoje, existem no Brasil 150 clubes filiados à instituição, que somam cerca de 4.500 criadores e 550 mil canários anilhados (com um pequeno anel de identificação).


Fotos Lemo/divulgação; Antoninho Perri/divulgação
“Meu reino por um canário"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Texto Clarice Couto
Fotos Manoel Marques
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
MAR DE GAIOLAS: o 57º Campeonato Brasileiro de Ornitologia reuniu quase 650 criadores brasileiros
Esse número confere ao nosso país o status de maior criador de canários domésticos da América Latina. Mas não é por acaso que alguns deles levam 'belga' no nome. A Bélgica, com uma população em torno de 10 milhões de habitantes (quase um vigésimo da brasileira) abriga o maior plantel de canários com anilhas do mundo: 3,5 milhões de aves. De acordo com Beraldi, da FOB, os quatro meses de inverno sem sol levam os belgas a buscar lazer dentro de casa - o que inclui a canaricultura. Atrás do país, considerando o volume de indivíduos registrados, estão Itália, Holanda, Alemanha, Inglaterra, Espanha e França.
Os especialistas dividem os canários em três categorias: cor, porte e canto. São 564 variações de cores, 27 raças entre as de porte e três de canários de canto, das quais só uma é criada no Brasil, a harz (se pronuncia 'rartz'), de origem alemã. Ainda que todos tenham um canto próprio, apenas os harz podem concorrer na série 'canto'. Nos concursos regionais e no nacional, o que determina os campeões são os padrões de perfeição para cada tipo de ave. Um exemplo é o grupo cobre, de Prado, que possui oito subdivisões, de acordo com a intensidade da cor ou a presença de mais tons de branco ou cinza. Nos campeonatos, os criadores concorrem com grupos de pássaros e também por indivíduo. Já os canários de porte são avaliados por outros critérios. Um frisado parisiense, frisson entre os criadores da classe, por exemplo, é observado em inúmeros quesitos, como cabeça, asas, plumagem, posição e outros itens.
Quem se dedica aos canários de cor geralmente não possui outros de porte - e vice-versa. E ambos raramente dão atenção aos canarinhos cantores. Mas o fato é que esse último grupo de aves é capaz de oferecer um espetáculo delicado e intimista aos que se dispõem a desfrutá-lo. Louis Paulo Mandelli, 72 anos, advogado aposentado e um dos mais antigos juizes de canários de canto clássico do Brasil, tem uma explicação para cada minúcia dessa arte. As aves de canto, tecnicamente, não são essas que a gente vê ou tem em casa. No concurso, seu repertório é entoado em quarteto, baixinho, quase sussurrando. Tanto que, para pontuar, Mandelli escuta os quatro pássaros, por trinta minutos, numa sala com isolamento acústico.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
FRISADO parisiense, raça de porte (à esq.), e canários harz, de canto, durante apresentação em concurso (à direita)
Contam os criadores que esse 'hábito' de cantarolar suave vem dos tempos em que os mineiros alemães da região carvoeira de Harz levavam seus pequenos companheiros para as minas. Sua função era identificar a presença de monóxido de carbono: se o canarinho morresse, os trabalhadores saíam da área. No subterrâneo, os pássaros foram diminuindo a altura do canto, em sintonia com os sons no interior das minas: a voz baixa dos donos, o correr da água dos rios.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A ESPÉCIE cobre, menina dos olhos do criador Ivo Prado, tem oito subdivisões
Com uma planilha escrita inteira em alemão, Mandelli mostra as oito partes do canto que serão analisadas. Quatro são mais importantes: o rolado oco, mais vocálico; o knorr ('Parece o rosnado de um cão com o osso', explica); a campainha oca, sequência de 'no' ou 'lo'; e flauta. Na hora da apresentação, as quatro gaiolinhas são dispostas uma em cima da outra. 'O de cima, com voz menos grave, puxa os outros. A idéia é que todos estejam harmonizados, que o conjunto de sons pareça ser de um único pássaro', ensina. Por isso, de abril a julho, os criadores colocam seus cantores para ensaiar: 15 minutos juntos por dia, para que se acostumem uns aos outros.
Se o canário, na opinião de seus criadores, é o embaixador dos pássaros, outras espécies também têm seus admiradores fiéis. Nilton Rodrigues da Silva, analista de marketing da Ford em São Bernardo do Campo, SP, é um deles. Há 29 anos, começou com dez casais de periquitos. Hoje, com 150 psitacídeos, participa todos os anos de competições e mantém o sonho de, um dia, ter um criadouro modelo que oriente e inspire novos amantes da prática. Paixão de uns, cachaça de outros. Ou quem sabe é apenas o instinto humano de buscar a natureza, trazendo-a para perto de si.
Fotos Lemo/divulgação; Antoninho Perri/divulgação
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por luciano correa em Ter 18 Mar 2014, 19:25

CRIADOURO GOUVEIA escreveu:GOSTEI DESSE STANDART FRANCISCO rs......
boa francisco
  gostei  do standart,,,

luciano correa
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 5
Pontos : 5
Idade : 47
CIDADE/CITY : belo horizonte
ESTADO/PROVÍNCIA : minas gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Ter 18 Mar 2014, 20:15

Obrigado.
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por ANGELO BASTOS em Sab 22 Mar 2014, 21:05

DE FATO UMA PAIXÃO O BELGA.
LEMBRO QUE O PRIMEIRO QUE TIVE FOI UM SALSA, COMO CANTAVA.
E QUE ALTURA.
COMPREI 3 ESSE ANO, ACREDITO QUE DUAS FÊMEAS E UM MACHO.
VAMOS VER SE NO FINAL DO ANO A QUANTIDADE AUMENTA.
ABRAÇOS


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1751
Pontos : 2016
Idade : 47
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Pé - duros ou SRD, uma paixão

Mensagem por DAVI COUTINHO em Sab 22 Mar 2014, 21:54

Boa noite Angelo e demais amigos do Universo dos Canários.

Existem bem poucos criadores de canário que não começaram com os amáveis pé-duros, realmente uma paixão nacional. 
Normalmente eram pássaros rústicos, que criavam bem e cantavam muito. Um fato que me chama a atenção hoje, é a quantidade de suplementos que usamos na alimentação dos nossos canários e mesmo assim, em matéria de saúde e resistência, eles perdem de goleada para aqueles Salsas de antigamente. Os intensos então... tinham uma tonalidade verde que enchia os olhos.
 
Conheci muita gente que criava esses canários com canjiquinha de milho, de vez em quanto um pedaço de ovo cozido e folha de couve. Alpiste e painço só de vez em quanto, fora isto era o coxinho de madeira cheio de milho moído, que eles comiam a vontade.

Longe de mim ser contra a evolução da canaricultura, tanto é que crio canário de canto clássico, que são bem complicadinhos de criar e preparar para concurso.
Mas gosto não se discute... e saudosismo é particularidade de cada um rsrs...

Um abraço a todos;
Davi Coutinho.
avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por Francisco C. Bom em Qui 24 Abr 2014, 20:05

Ola amigos

Algumas fotos de pé duro.

Macho
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fêmea
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por MauricioJr em Qua 18 Mar 2015, 20:08

José Carlos Pereira escreveu:Vocês estão me embromando, como dizem por aqui na região. Ehehehehhehehe.
Não estou advogando a favor ou contra os pés duros, aqui chamados pindorgas.
Eu só queria saber com qual canto parece o campainha tão admirado pelos criadores de pés duros.
Pra mim lembra muito o timbrado espanhol. Já digo que sou péssimo de ouvido. Mostrei a vários criadores o canto timbrado e todos gostaram, mostrando que deve parecer com o canto que tanto admiram. Tenho uma tese que estou burilando.
Abração.
José Carlos.

Ola pessoal...
Creio que todos vao concordar comigo que em todas as racas de canario e possivel encontrar canarios bons, ruins e excelentes. Certo?
Existe Canario Vermelho excepcional assim como canarios vermelhos de pessima qualidade totalmente fora dos paradroes para concurso.
Canarios frisados tambem: Existem frisados excelentes e frisados que nao tem condicoes de ser apresentados em um campeonato de canario de porte.
Isso, sem duvidas, acontece com o Timbrado Espanhol; existem Timbrado Espanhol de qualidade para concurso e existem Timbrados de pessima qualidade.
Para ser considerado de boa qualidade, um Timbrado Espanhol deve atingir no minimo 85 pontos na planilha de julgamento e no minimo 75 pontos para ser considerado satisfatorio. Abaixo de 75 pontos sao canarios comuns....
Vejo muita gente comparando o Timbrado Espanhol com canarios de cantos comuns e ate com o mitologico Canario Campainha. Este tipo de comparacao e um erro muito comum entre pessoas que nao conhecem ou nao sabem diferenciar o canto de um Canario bom e o canto de um Canario ruim. Ou tira suas conclusoes precpitadamente ouvindo pessimos exemplos de Timbrado espanhol do qual o youtube esta cheio...

Muito bem... Agora vejam os dois videos abaixo para uma primeira comparacao>

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Mais videos comparativos poderao aparecer de acordo com o interesse e participacao dos colegas...

>>>
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por MARTÍN em Qua 18 Mar 2015, 20:48

Existe uma grande diferença Mauricio, sem duvida não tem como comparar, principalmente ouvindo este canario de 91pts.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3152
Pontos : 4735
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: PÉS DUROS OU SRD UMA PAIXÃO

Mensagem por MauricioJr em Qua 18 Mar 2015, 23:33

Por favor, oucam o Canto Campainha do post anterior mais uma vez...



Agora comparem com estes cantos aqui:








Obs.
Desculpem os erros de concordancia do meu post anterior...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum