Dicas e Informações para Iniciantes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Dicas e Informações para Iniciantes

Mensagem por UNIVERSO DOS CANÁRIOS em Qui 04 Jul 2013, 21:04

Dicas e informações para Iniciantes

Autor: César Wenceslau

Aqui temos algumas dicas simples, mas muito úteis e que geram muitas dúvidas para os criadores iniciantes e apreciadores de canários:

Diferenças entre os sexos dos canários
Diferença entre sexos: Na época da reprodução (principalmente), que vai de agosto à janeiro, os machos de canários cantam, e as fêmeas não. Também pode-se diferenciar os sexos dos canários através da visualização de sua cloaca, onde observa-se que os machos possuem uma protuberância ("espigão") e as fêmeas apresentam o abdômen arredondado. Esta característica é valida para canários adultos e em período reprodutivo. Para filhotes, esta tarefa de determinação do sexo torna-se um pouco mais complicada, e garanto que todos já se enganaram supondo precocemente o sexo de um canário filhote baseado no seu "canto" ou ao observar sua cloaca. Existem algumas outras teorias para se determinar o sexo dos canários (formato do ovo, filhote se esconde no ninho, posição do olho em relação à linha horizontal do bico, etc), mas não têm muito embasamento científico e geram muitos erros, tendo a sua eficácia um pouco questionada.
OBS.: Os machos tendem a cantar mais quando estão sozinhos, alguns param completamente de cantar quando estão acasalados. Há também o período de muda, onde os canários trocam todas as penas do corpo (entre março e maio geralmente), o que é um processo normal para todas as aves, fazendo com que os machos também cantem menos ou até parem de cantar.

Muda de Penas
Uma vez ao ano, os canários trocam de penas. Neste período, todas as penas do corpo do canário caem gradativamente, sendo substituídas por penas novas. Geralmente, tal processo ocorre entre os meses de março e maio para canários adultos, e um pouco mais cedo para os filhotes (com menos de um ano de vida). O período de crescimento médio de uma pena é de 45 dias. Nesta época, os machos param de cantar e as fêmeas não têm muito interesse pelo ninho ou pelos seus filhotes (algumas fêmeas que entram em muda no meio da criação podem até abandonar seus filhotes ou ovos), além da fertilidade de ambos os sexos diminuírem. Por este motivo, os canários devem ser colocados em "repouso" no período de muda, tendo um descanso reprodutivo e uma ótima alimentação, permitindo que estejam em boas condições de saúde para a próxima temporada reprodutiva. Alguns canários permanecem meses (ou praticamente o ano todo) em muda, e isto indica algum problema (luminosidade ou alimentação inadequadas, doenças, etc). Cuide bem dos canários nesta época, que apesar de ser um tanto quanto desanimadora (sem filhotes, sem pássaros cantando e penas por todos os lados), é de extrema importância na saúde do seu pássaro.

Cores - Histórico
Atualmente, existem cerca de 500 "cores" ou combinações de cores reconhecidas pela Federação Ornitológica Brasileira (FOB), que são agrupadas em cerca de 50 séries, reunindo as cores com características semelhantes. Toda essa enorme variedade se deve ao fato de que estes pássaros já são criados há séculos em cativeiro, cujos ancestrais são oriundos das Ilhas Canárias, nos quais foi realizado um intenso trabalho de seleção genética, associado ao aparecimento de algumas mutações e da hibridação com outras espécies, permitindo a criação de todas essas cores. Os canários atualmente criados em gaiola não existem na natureza, e não conseguem sobreviver em tais condições. Dentre as cores mais conhecidas, temos: branco, amarelo, vermelho, verde, cobre, canela, entre outras.

Cores - Intenso X Nevado
No canário selvagem, ancestral dos canários criados atualmente, os machos apresentavam uma coloração esverdeada mais brilhante, e as fêmeas, eram mais pardas, sem uma coloração muito exuberante. Porém, não haviam grandes diferenças entre as colorações dos pássaros. Com a interferência do homem, foram selecionadas duas grandes "categorias" de cores nos canários: os Intensos e os Nevados. Esta classificação leva em consideração a distribuição do pigmento pelas penas dos canários. Os canários Intensos, que possuem penas mais curtas, apresentam pigmentação por toda a pena, tendo uma coloração bem viva; já os Nevados, com penas mais longas, não possuem a pigmentação nas extremidades das mesmas, dando a impressão de estarem cobertos por uma névoa, que deve ser uniforme e por todo o corpo, dando a impressão que estes canários possuem uma cor mais ofuscada. Em termos gerais, quando se pretende fazer um acasalamento, deve-se SEMPRE procurar parear casais formados por um pássaro intenso e outro nevado para que se possam obter filhotes com boas características e evitar problemas, como o nascimento de filhotes com penas muito curtas ou excessivamente nevados. O cruzamento de intensos com intensos ou entre nevados até pode ser feito, mas em condições muito especiais, não sendo indicado como uma prática rotineira, requerendo do criador um vasto conhecimento sobre técnicas de acasalamento e experiência na formação de casais para a criação.

Alimentação
Os canários são aves essencialmente granívoras (que se alimentam de grãos). Em cativeiro, sua alimentação consiste basicamente de:

- MISTURA DE SEMENTES: específica para canários, geralmente composta por alpiste (maior parte da mistura), níger, nabão, colza e linhaça. Deve ser se boa qualidade, sem fungos ou insetos, e mantida em condições adequadas de estocagem (local seco, sem odor, limpo e arejado), nunca por períodos muito prolongados.

- VERDURAS, FRUTAS E LEGUMES: os mais utilizados são: couve, almeirão, espinafre, verduras com folhas escuras - (alface não é recomendado); maçã e laranja (abacate é tóxico para a maioria das aves); jiló e pepino. Sempre bem lavados e sem agrotóxicos.

- FARINHADAS: formuladas especialmente para canários, geralmente contém ovo em pó, existem diversos fabricantes. Devem ser de boa qualidade, fabricados por empresas idôneas, e apresentar composição e níveis de garantia na embalagem. São muito indicadas, principalmente, para os períodos de reprodução.
- AREIA: também existem diversas empresas que comercializam este tipo de produto, alguns com aromas. São necessários para auxiliar a digestão e como fonte de alguns nutrientes para as aves.
- ÁGUA: sempre limpa, fresca, e de boa qualidade.
- RAÇÕES EXTRUSADAS: também existem de diferentes marcas no mercado, relativamente novas no cenário da canaricultura, são bastante eficientes, com formulações específicas para os diferentes períodos (reprodução, muda, etc), não fazem sujeira, balanceadas, porém com um custo um pouco mais elevado (compensado, pois só se usa a ração, sem gastos com farinhadas ou outras coisas para alimentação) e não são muito fáceis de encontrar para venda de acordo com a região.

Canários Brancos - alimentação
A cor branca dos canários é resultado da ausência de depósitos de pigmentos nas penas (melaninas e lipocromos).Os canários brancos, principalmente tratando-se de brancos dominantes, não devem receber alimentação rica em carotenóides, pois os mesmos apresentarão maior deposição de lipocromo nas regiões de asas, cauda, ombros e outras regiões. Verduras, ovo, milho (e derivados - farinha de milho, etc - infelizmente presentes na maioria das farinhadas), soja e outras fontes de carotenóides e xantofilas devem ser evitados para canários de concurso, pois acabam por deixar o canário com uma coloração excessivamente amarelada, decorrente da maior ingestão, absorção e deposição de carotenóides na plumagem, prejudicando-o em exposições. Claro, bons canários brancos dominante possuem também uma genética que, juntamente com a alimentação e os cuidados necessários, não permitem a deposição (indesejada) de lipocromo, restringindo-o apenas à ligeiros traços amarelo-limão nas rêmiges (assim como preconizado no manual da FOB), auxiliando e muito na preparação destes canários para concurso. Canários brancos "marfim" possuem um tom amarelo muito mais evidente e por todo o corpo, não sendo recomendável a criação de canários com tais características.
Vale ressaltar, que segundo o Manual de Julgamento de canários de cor da FOB: "a avaliação do branco está intimamente ligada ao brilho da plumagem e à limpeza da mesma", sendo motivo de desclassificação "qualquer uso artificial para modificar o aspecto fenotípico do pássaro (corantes artificiais, talco, óleos para dar brilho, penas cortadas, etc.)."


Canários de Cor, de Porte e de Canto Clássico
Basicamente, na canaricultura, existem três grandes "categorias" ou "setores" diferentes, que são:
- Canários de Cor
- Canários de Porte
- Canários de Canto Clássico

Esta divisão ocorre de acordo com o objetivo pretendido pelos criadores dentro de cada um destes setores.
Nos Canários de Cor, a seleção genética é fundamentalmente baseada nas cores e padrões de coloração dos canários, sendo que outros quesitos como formato, postura e conformação são deixados em segundo plano na criação e julgamento das aves. Claro, o formato dos canários também é considerado em julgamentos, porém não é o fator mais relevante. Nestes canários, a cor deve ser uniforme, sem a presença de penas de outras cores ou manchas e marcações de pigmentação diferentes da cor do canário (por exemplo, em um canário amarelo, não são permitidas penas escuras, manchas no bico ou dedos e unhas escuras). Aqui estão incluídos os canários de cor brancos, amarelos, vermelhos, verdes, mosaicos, etc.

Nos Canários de Porte, o fator de seleção genética baseia-se principalmente em relação ao tamanho, formato, conformação e postura dos canários, onde as cores são deixadas em segundo plano, os canários geralmente podem ser manchados, com penas em diferentes cores, o mais importante é o canário estar dentro dos padrões exigidos para a sua raça. Problemas de postura e posição, formato ou tamanho inadequados são severamente punidos na hora do julgamento. Aqui estão incluídos canários das raças: Gloster, Frisados, Raça Espanhola, Lancashire, Scotch Fancy, Gibber Ittalicus, Yorkshire, entre outros.

Nos canários de Canto Clássico o fator principal de seleção genética é o seu canto, onde estes canários cantam com o bico fechado, movendo apenas o "papo", produzindo sons rolados, daí o nome de Canários Roller. Estes canários devem apresentar uma série de sons característicos, executando-os com perfeição, podem se apresentar em concursos individualmente, em duetos ou quartetos. A maioria dos canários vendidos como rollers ou de canto não pertencem à esta categoria.

Calendário Anual da Criação
O Cronograma Anual da Criação de Canários no Brasil segue este padrão, às vezes com pequenas variações de acordo com a localização do criadouro e de suas condições (luminosidade, temperatura, etc):

-FEVEREIRO E MARÇO: período de muda (principalmente dos filhotes) e início da seleção e preparação de filhotes para concurso.

-ABRIL E MAIO: preparação de filhotes para concurso e muda dos adultos.

-JUNHO E JULHO: concursos e exposições regionais, Campeonato Brasileiro e Campeonato Mundial - Hemisfério Sul; formação dos casais no final de julho.

-AGOSTO À JANEIRO: período de Criação.

Além de utilizar o período mais indicado para a criação (período com horas crescentes de luminosidade no dia e temperaturas favoráveis - Primavera e Verão), também permite aos criadores um período para o preparo dos filhotes para concursos e exposições. Em alguns locais e criações, os canários podem começar a criar em setembro, fazendo com que as canárias criem a terceira ninhada em março, porém estes filhotes podem ficar prejudicados para concurso já que não terão completado seu desenvolvimento adequadamente (caso sejam anelados com anéis pedidos no início da temporada reprodutiva, em setembro do ano anterior).

LIPOCROMO E MELANINA
Para entender as cores dos canários, é preciso entender sua origem. Para isso, alguns conceitos são necessários (apesar de as vezes parecerem um tanto quanto chatos, são indispensáveis).
A pigmentação exibida nas penas, bico, patas, unhas e pele dos canários é basicamente determinada por dois tipos de pigmentos: o LIPOCROMO (de origem lipídica - gordura, que pode ser alterada de acordo com a composição dieta mais facilmente) e a MELANINA (de origem protéica).

- LIPOCROMO: atualmente, são reconhecidos dois tipos de lipocromo existentes no canário: o amarelo (original) e o vermelho (obtido através do cruzamento com o Pintassilgo da Venezuela/Tarim). Algumas mutações alteram este lipocromo, como o fator marfim (originando o amarelo marfim e vermelho marfim) que o dilui; e os fatores Branco recessivo e Branco dominante, onde ambos inibem a deposição do mesmo (portanto, o branco resulta de uma ausência de pigmentos corantes).

- MELANINA: são classificadas em dois grupos:
*EUMELANINA que pode ser negra ou canela (originalmente encontrada no centro das penas);
*FEOMELANINA que é marrom (localizada na borda das penas - indesejável em algumas cores, porém extremamente necessária em outras);
Um canário pode apresentar apenas um tipo de EUMELANINA (ou negra ou canela) além da FEOMELANINA e do LIPOCROMO. A somatória destes pigmentos (ou sua ausência) e a localização dos mesmos na estrutura das penas determina a cor do canário.
Manifestações das MELANINAS (por exemplo, concentradas no centro das penas, formando as estrias de um cobre, ou apenas nas bordas das penas, formando as escamas de um canário féo) constituem o DESENHO. Já as MELANINAS dispersas uniformemente por toda a pena, influenciando a tonalidade do canário denomina-se ENVOLTURA.
avatar
UNIVERSO DOS CANÁRIOS
FUNDADOR
FUNDADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 147
Pontos : 360
Idade : 4
CLUBE : FOB
CIDADE/CITY : BRASIL
ESTADO/PROVÍNCIA : BRASIL

Ver perfil do usuário http://www.universodoscanarios.forumeiros.com https://www.facebook.com/universodoscanarios1 https://twitter.com/UDOSCANARIOS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Dicas e Informações para Iniciantes

Mensagem por MARTÍN em Ter 03 Set 2013, 22:51

REPRODUÇÃO

A reprodução dos canários acontece entre os meses de agosto a dezembro. Normalmente faz-se o acasalamento na segunda quinzena de Julho para que, no início de agosto, já possam ser observadas as primeiras posturas.

O ninho adequado é aquele em forma de taça, com forro de espuma ou flanela. Na hora de escolher os casais, certifique-se de que o macho esteja cantando vigorosamente e de que a fêmea esteja ( pronta ).

Assim evitará posturas de ovos não fertilizados e perda de tempo. Para as fêmeas confeccionarem seus ninhos indico o ( Saco de Batata ) pode ser adquirido em Mercados, Sacolão etc. Depois de bem lavados e cortados em tiras ( pedaços ) com aproximadamente 5cm x 5cm colocar umas 4 tiras pendurados dentro da gaiola, com esse material ela confeccionará o ninho.

Postura:
Normalmente uma canária põem de 3 a 4 ovos em dias seguidos, as vezes pode ocorrer intervalo de um dia entre um ovo e outro. Entre 6 e 7 horas da manhã a canária realiza a postura, não é conveniente entrar no criadouro muito cedo.

A medida que os ovos são postos devem ser retirados e substituídos por "ovos indez" ( ovos plásticos ) e colocados em um pequeno recepiente em plástico, louça, contendo mistura de sementes, ou algodão, servirá para acondicionar os ovos recolhidos e que devem ser virados diariamente devendo ser recolocados ao final da postura.

A finalidade de tal procedimento é simplesmente permitir que a eclosão ocorra simultaneamente, evitando discrepância de desenvolvimento entre os filhotes. Geralmente, os nascidos por último morrem, quando não se utiliza tal conduta.

Separação dos Filhotes

Entre o 15º e 20º dias os filhotes começam a deixar o ninho. Porém, a pemanência no ninho até 20 dias é normal.

A saída prematura é indesejável e representa algum tipo de problema: o menor deles é quando o filhote se assusta e salta fora do ninho. Recomenda-se não trocar o ninho após o 12º dia. Filhotes quando mal nutridos tendem a sair precocemente do ninho em busca de alimentação ( atrás dos pais ).

Nestes casos não há muito o que fazer e tentar recolocá-los de volta é perda de tempo. Por outro lado, os bens criados, deixam o ninho de modo tranqüilo, completamente emplumados e sem mostrar desespero por alimentação.
Acontece que, de um modo geral, tende a ocorrer a debicagem dos filhotes. Algumas fêmeas deixam completamente desnudos seus filhos o que representa uma tragédia para o futuro: dificilmente se formará uma plumagem normal.

Ao se perceber os primeiros sinais de debicagem o criador deve interferir seja separando os filhotes com uma grade divisória, seja fornecendo material para confecção do novo ninho. Sugerimos que os filhotes passem a metade do dia com o macho e a outra metade sozinhos.

Colocando-se a farinhada de ambos os lados tanto a fêmea quanto o macho tratarão dos filhotes e, ainda estaremos proporcionando a oportunidade para que o macho fertilize, quando estiverem juntos.

Quando os filhotes estiverem comendo sozinhos é chegada a hora da separação, geralmente, ocorre entre o 28º e 30º dias. Separados deverão ser colocados em uma voadeira de modo que possam se exercitar e serem levados para os "banhos" de sol e água.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3177
Pontos : 4782
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Dicas e Informações para Iniciantes

Mensagem por MARTÍN em Seg 04 Nov 2013, 14:48

Quero deixar algumas dicas para os iniciantes  que pretendem ter sucesso na criação de canários.

Antes de mais nada você precisa ter um casal de canários, mas ai vem a pergunta: Como eu descubro o sexo dos meus canários pra saber quem é quem? Isso caso você tenha vários canários em um viveiro misto. Certamente se você comprou um casal já definido não terá essa dúvida. Porém a casos que se tem vários pássaros em um viveiro e você pode quer separar um casal para dar inicio a uma criação, certo? Então se esse é seu caso siga a 1° dica.

1° Dica:
Como separar um bom casal para criar?
O macho e a fêmea devem estar bem nutridos, com as plumagens bem bonitas e o mais importante, o macho deverá estar cantando bastante (ou seja aquele que cantar mais). A escolha da fêmea deverá ser feita com base no aspecto da ovária (a bundinha do pássaro) bem inchada, além de um detalhe importante que é o Bater de Asas, a fêmea fica no poleiro batendo as asas como se fosse uma dança de acasalamento. Tendo observado isso separe o casal colocando-os em uma gaiola criadeira.

2° Dica:
Qual gaiola devo usar para criar?
A gaiola ideal para a criação de canários é justamente uma gaiola chamada de ‘Gaiola Criadeira’ você pode comprar uma em qualquer loja ou petshop. Um detalhe importante é utilizar uma gaiola que tenha os comedouros e bebedouros para o lado de fora da gaiola, para assim evitar colocar a mão dentro da gaiola evitando assustar o casal. A gaiola deverá ter uma grade de separação para que quando os filhotes completarem 1 mês sejam separados do casal, que já estará pensando em acasalar novamente.
Exemplo:
"Gaiola"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


3° Dica:

O casal deverá estar vermifugado e bem nutrido com complexos vitamínicos, além de suas unhas bem aparadas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sobre o complexo vitamínico você pode adquirir em qualquer petshop que venda produtos para pássaros. Veja como vermifugar e cortar as unhas nos artigos já publicados em nosso Fóurum: Vermifugação; [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e Corte das Unhas; [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.].



4° Dica:
Qual tipo de alimentação devo fornecer ao casal?
Quando estamos falando de acasalamento, pré-supõe que a fêmea e o macho terão um longo trabalho para constituírem uma nova família. A fêmea e o macho deverão estar bem nutridos para poder gerar filhotes bem saudáveis.



Durante o acasalamento deverão ser oferecidos os seguintes alimentos:

• Mistura para canários que contenham (Alpiste, Niger, Aveia, Cousa e Pirila)
• Farinhada para canários (pode-se adicionar ovo cozido ralado) porém deve ser trocado a cada  24 horas.
• Folhas de Almeirão bem fresquinhas
• Pedaços de Maça (2 vezes por semana no máximo)

5° Dica:
Como cuidar dos filhotes assim que eles nascerem?
Praticamente não há nada que você possa fazer para ajudá-los, simplesmente proceda como o indicado acima oferecendo a alimentação correta e evitando ao máximo agitar o casal, mantendo-os em um lugar seguro arejado e livre de correntes diretas de vento.

6° Dica:
Quando posso separar os filhotes?
Os filhotes deverão ser separados dos pais após 30 a 35 dias do nascimento, eles deverão estar comendo sozinho sem a ajuda dos pais. Se você estiver utilizando uma gaiola profissional como a exibida acima, basta por a separação no meio da gaiola e separar os filhotes, pois a fêmea irá começar a botar novamente para dar inicio a mais um ciclo de criação.

A criação de canários é relativamente fácil porem quando se deseja criar exemplares de qualidade isso se torna mais difícil porem não impossível. Basta adquirir matrizes de procedência e raça bem definidas.

Em nosso Fórum você pode achar vários criadores de canários, basta dar uma pesquisada no em nossos arquivos.

Espero que esse artigo venha a ajudar a todos.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3177
Pontos : 4782
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Dicas e Informações para Iniciantes

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum