Canários intensos, nevados e intermediários.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Canários intensos, nevados e intermediários.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Seg 07 Set 2015, 22:52

O FATOR INTENSO E NEVADO.

O canário silvestre ou ancestral tem um tom acinzentado, que nada mais é do que o fator nevado que se distribui por toda a plumagem. O fator nevado é o ancestral e o intenso a forma mutada. A diferença entre um exemplar intenso e um nevado é notória, nos canários nevados nota-se por toda a plumagem uma névoa esbranquiçada, que é o resultado da sobreposição de penas cuja coloração não chega a extremidade, seja amarelo ou vermelho.
 

Há canários que apresentam um excesso de nevadismo ou má distribuição destas áreas esbranquiçadas, principalmente em amarelos e vermelhos, que apresentam uma área esbranquiçada extensa em torno do pescoço formando um anel, provavelmente fruto do acasalamento entre nevados. Este excesso muitas vezes mascara a cor de fundo do pássaro deixando-a opaca, por isto o ideal é um nevadismo intermediário e bem distribuído, conseguido através do acasalamento entre intensos e nevados.

Os canários intensos, ao contrário dos nevados, são caracterizados pela sobreposição de penas cuja coloração chega até a sua extremidade, não deixando nenhuma área da plumagem sem a presença de pigmento, o que confere ao canário um colorido intenso com plena manifestação da cor de fundo. Os canários intensos, de qualidade, não devem apresentar o mais leve sinal de nevadismo na plumagem.

Pela força do gene ancestral condicionante do nevadismo, que em estado silvestre proporcionava camuflagem às fêmeas, principalmente durante o período de choco, na tentativa de se sobrepor ao gene intenso dominante, faz com que alguns canários intensos apresentem um leve nevadismo, principalmente as fêmeas, como se fossem salpicadas de um pó branco sobre o dorso. Diz-se então que o exemplar é Schimel ou intermediário. Este é um defeito difícil de ser evitado, mas quando aparece, o exemplar pode ser aproveitado em acasalamento com um intenso.
>>>


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Canários intensos, nevados e intermediários.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 08 Set 2015, 00:07

COMPORTAMENTO HEREDITÁRIO DO FATOR INTENSO E NEVADO.

No que respeita ao comportamento hereditário dos fatores intenso e nevado, sabemos que os mesmos, ao contrário do que ocorre com os pigmentos melânicos, não se localizam nos cromossomos normais, mas nos chamados autossomos.
O fator intenso é dominante em relação ao nevado, daí a razão de não se obter pássaros intensos de um casal de nevados, como estes não podem portar recessivamente o fator intenso também não podem transmiti-lo.

O intenso, entretanto, sendo dominante pode portar recessivo o fator nevado e assim transmiti-lo a sua descendência. Nos acasalamentos entre intensos podem surgir os canários com duplo fator intenso, mas o fator intenso quando possuído em dose dupla altera consideravelmente as características do canário, pois estes pássaros apresentam uma plumagem falha, curta e dura; deixando-o com um aspecto fino e raquítico.

Os melhores acasalamentos devem ser feitos observando a regra intenso x nevado, independente do sexo, pois os resultados serão os mesmos: proporcionalmente 50% de filhotes intensos e 50% de nevados, machos ou fêmeas.

Se denominarmos pela letra "I" maiúscula o fator intenso dominante, e pela letra "n" minúscula o nevado recessivo, um macho intenso portador de nevado será geneticamente assim representado "In", e uma fêmea nevada será representada "nn".
Acasalando estes exemplares, as combinações possíveis dos quatro gametas serão as seguintes: 
1 x 2            3 x 4
I - n             n - n


Pareamento 1 x 3 = In - exemplar intenso portador de nevado,
        "        1 x 4 = In - exemplar intenso portador de nevado,
        "        2 x 3 = nn - exemplar nevado homozigoto,
        "        2 x 4 = nn - exemplar nevado homozigoto.

Temos portanto 50% de intensos portadores de nevados e 50% de nevados homozigotos.
Se o acasalamento for de um macho nevado "nn" com uma fêmea nevada "nn" todos os filhotes serão nevados. Porem com tendencia ao excesso de nevadismo, plumagem abundante e fraca.
>>>


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum