Propaganda gratuita, não obrigatória.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por MARTÍN em Sex 20 Set 2013, 22:54

Vejo alguns criadores elogiando e relatando um aumento significativo nas reprodução de suas aves, deixando a entender que é pelo fato de estar utilizando uma determinada marca de farinhadas......(risos), e quem lê esquece que as aves deste criador tem anos de seleção genética.

Mas não.................preferem acreditar que é pelo fato das aves estar consumindo um determinado produto.

Agora pergunto aos amigos......será que esta melhora foi mesmo pelo simples fato de consumir tal farinhada "A, B ou C".

Muito cuidado com propagandas gratuitas ou até mesmo que te indusa a um produto que nem é tão grande coisa assim.

E você acredita que suas aves possam ter um aumento na reprodução simplesmente por consumir tal "FARINHADA"?


Última edição por MARTÍN em Qua 30 Jul 2014, 19:41, editado 1 vez(es)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3175
Pontos : 4780
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por Francisco C. Bom em Sab 21 Set 2013, 11:15

Acho isso muito relativo.

Vamos imaginar um criador que forneça apenas sementes e verduras, (o que não é raro) ai começa a fornecer uma farinhada de boa qualidade, pode até acorrer uma melhora.

Agora um criador que alem das sementes e verduras, forneça também, jiló, maçã, farinhada, faça uma preparação com vitamina E, etç.
Ai simplesmente muda a farinhada, não acredito que a melhora, se houver, seja significativa.

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1799
Pontos : 2139
Idade : 64
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por CRIADOURO GOUVEIA em Dom 22 Set 2013, 12:19

ACREDITO SIM QUE UMA BOA FARINHADA FAÇA A DIFERENÇA NA FERTILIDADE DOS CANÁRIOS , PORÉM NÃO É O ÚNICO FATOR ENVOLVIDO , EXISTE MUITOS FATORES A SE CONSIDERAR , O CLIMA , A MATURIDADE DO CASAL  ENTRE OUTROS .

EU CREIO QUE CADA CRIADOR DEVA PROCURAR AQUILO QUE MELHOR ATENDA SEU MANEJO , TALVEZ A FARINHA X NÃO FAÇA O MESMO EFEITO EM OUTRO CANARIL , O IMPORTANTE É VARIAR A ALIMENTAÇÃO E PREZAR PELA QUALIDADE , RESULTADOS VIRÃO COMO CONSEQUENCIA DO BOM TRATO ...


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
CRIADOURO GOUVEIA
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1005
Pontos : 1184
Idade : 39
CLUBE : CCCC / RCSP
CIDADE/CITY : SÃO PAULO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.criadourogouveia.no.comunidades.net/ https://www.facebook.com/criadourogouveia.sandro SANDROGOU@HOTMAIL.COM sandrocriadourogouveia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por José Carlos Pereira em Seg 23 Set 2013, 11:52

Não se pode discutir nutrição de animais sem sabermos as suas necessidades dos diversos nutrientes. Mesmo entre os humanos essas necessidades são frequentemente revistas por conta dos enormes avanços científicos na área alimentar. Milhares de trabalhos são publicados mensalmente, alguns com interesses práticos e outros nem tanto.

Agora mesmo podemos acompanhar notícias sobre as gorduras polinsaturadas (ômega 3 e ômega 6)e monoinsaturadas (ômega 9). Muito boas para a saúde, sem dúvidas. Mas, por exemplo, consumido em quantidades maiores do que as necessárias, o ômega 6 provoca alterações contrárias àquelas obtidas nas quantidades ideais. Portanto, as revisões das necessidades nutricionais têm que ser constantes.
Observem os conteúdos das rações para cães e verão muitas diferenças, mostrando que ainda nem tudo está plenamente estabelecido. Imaginem, então, em relação aos pássaros, cujos interesses econômicos são muito menores em relação ao estudo e produção de rações.

E nesse imbróglio surgem as dúvidas dos criadores. Extrusado ou mistura de sementes? Qual extrusado ou qual farinhada seria melhor? Almeirão, couve, catalônia o chicória?  Gema ou clara de ovo? E as sementes novidades, então? Sou do tempo que só havia alpiste. Assim acompanhei a chegada dos painços, da colza, do cânhamo, do níger, da linhaça, do cânhamo, da papoula até chegarmos a chia e perila. Cada uma chegando como miraculosa. Qual fruta seria melhor? Jiló, pepino ou milho verde? Qual complexo vitamínico seria melhor?

E toma contar virtudes de tal vitamina que até ela desconhece possuir. Agora é a E e logo partiremos para outras letras do abecedário. Cálcio? E o selênio e o molibdênio na crista da onda?
Trabalhei com clínica pediátrica durante meio século e a situação não é muito diferente. Com a prática adotei o critério de examinar a criança e, vendo que estava tudo ok no desenvolvimento, não mexer muito. Com a sua cultura alimentar e condições econômicas a mãe estava dando ao seu filho o necessário. Quando precisava, acrescentava alguma coisa aqui e tirava alguma coisa acolá, mas sempre respeitando costumes familiares. Deu certo na enorme maioria dos casos, tanto que sobrevivi somente como autônomo.

Há mais de sessenta anos crio canários-da-terra. O trato alimentar era o mesmo do usado ainda hoje pela grande maioria dos criadores interioranos, principalmente mineiros: alpiste, quirera de milho, fubá, ovo e hortaliças. Algumas vezes muitos trocavam o ovo inteiro por seu conteúdo no pão de ló. E muitos dão sililuias no período de cria. Falavam que meu bisavô já criava canários-da-terra. Acho que a criação vem desde que Santa Maria, Pinta e Nina jogaram suas âncoras no Porto Seguro. Portanto, experiência de séculos. E deu certo porque os canários-da-terra estão aí, lindos, fortes e brigadores com bandos espalhados por todo Brasil atraídos por comedouros contendo quirera de milho e fubá. Os complementos acham na natureza. E são criados facilmente.

E os Serinus, então? Criados também há tanto tempo. Quanta experiência acumulada no campo da nutrição.
Já vivi, quando criava os pastores alemães, o surgimento das rações que vieram para substituir a tradicional mistura de 1/3 carne, 1/3 hortifrutis e 1/3 arroz. Criava normalmente com a mistura e fui dos primeiros a adotar as rações por motivos práticos de manejo.
Agora vivo a transição, embora mais lenta porque o mercado ainda é economicamente pouco atrativo, da mistura de sementes para as rações. E nem sei se isso acontecerá com a intensidade que foi com os cães.

Eu procuro ser simples, usar o que conheço, que me dá prazer em preparar e que seja eficiente para os pássaros. Como estão sempre hígidos, não me preocupo com o aproveitamento e sim com o que gostam de comer. Já usei somente extrusados e não tive problemas.
Hoje, uso o seguinte, e não é receita para ninguém, só um exemplo. 80% de alpiste e 20% de extrusado, almeirão  e couve alternados todos os dias, água. Água, amigos, que perfaz uns 50 a 60% do peso de um pássaro adulto e mais em relação aos filhotes. Vitaminas e sais minerais?  Desde que parei no consultório, só os vejo nas prateleiras das farmácias quando passo pela calçada. Protetor hepático? Nem falar. Bato na madeira três vezes.

Antibióticos? Nos raríssimos casos de necessidade. No período reprodutivo, acrescento uma farinhada que eu mesmo preparo com produtos comuns. Tudo ok.
O importante é que o criador tenha domínio e conhecimento do que está fazendo. E que o faça observando as normas de higiene e princípios básicos da boa nutrição: qualidade, quantidade e aceitação. E que não fiquem inventando a cada novidade que aparece no mercado.
Minha esposa, no período que estava usando no criadouro somente extrusada, me perguntou: - Se muitas das minhas amigas estão usando chá tendo como base o alpiste, falando maravilhas, por que você deixou de usar? Do alto de toda sapiência de médico não soube explicar com clareza e ela riu. Afinal, tenho que aceitar conselho de companheira de quase meio século de casados e mais nove de namoro e noivado. Rs. Tempo de casa, sabem como é.

Fertilidade é foco de todo criador. Claro, se é criador tem que criar. Amigos que usam a alimentação tradicional secular criam muito bem. Amigos usando extrusados têm queixas. Não vejo isso como problema das diferenças de esquema alimentar e sim de outros manejos. Os tradicionalistas também usam manejos tradicionais, como monogamia e viveiros de criação. Os que usam extrusadas usam gaiolas de criação, menores que os viveiros geralmente, e poligamia. E ainda estamos longe de dominarmos a poligamia. Lembro dos tempos dos cães. Depois que passei a fazer coleta de secreção vaginal para acompanhar a evolução células e achar os dias mais adequados para as coberturas, os casos de gravidez positiva aumentaram muito.

Era aparecerem as primeiras células laranjas e o perereco começava para fazer a cadela chegar, de carro ou avião, onde estava o macho estudado e contratado dentro do curto período do período mais fértil. Valia a pena porque eram coberturas estudadas e com altos preços.
Bem, tudo isso para marcar dois pontos:
- Há várias maneiras de nutrir bem os pássaros, cabendo ao criador escolher a melhor para as suas condições específicas. Os nutrientes necessários são sempre os mesmos: proteínas, lipídeos, carboidratos, vitaminas, sais minerais e água. Não existem invencionices e nem mágicas.

- Como tentou mostrar o Martin, cuidado com propagandas enganosas. Em todos os meios, e os criadores de pássaros não estão fora dessa realidade, há atividades de lobistas e opinion makers. Lobistas são comuns em torneios de silvestres. Fazem lobby, por exemplo, sobre determinado pássaro, criando expectativas de uma venda atraente da qual eles levam  percentagem. E os opinion makers são pessoas influentes em determinados meios que são usadas, mediante pagamento ou outras vantagens, para divulgarem esse ou aquele produto. Às vezes de maneira discreta, procurando se mostrar sem intencionalidade. Podem as duas atividades ser  exercidas por puro diletantismo, mas não é de se acreditar muito.


José Carlos
avatar
José Carlos Pereira
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 230
Pontos : 264
Idade : 77
CIDADE/CITY : Cruzeiro
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Seg 23 Set 2013, 14:14

Muito boa explicação Dr. José Carlos.
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por AMAURI ROBERTO MENDES em Seg 23 Set 2013, 17:26

Parabens pelo artigo, esta é a alma do négócio, procuro dentro da limitações não fazer experiêcias sem ter a comprovação do sucesso. Deixo as experiências para grande criadores. Em time que esta ganhando não se mexe.
Abraços
avatar
AMAURI ROBERTO MENDES
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 190
Pontos : 227
Idade : 67
CIDADE/CITY : PASSO FUNDO - RS
ESTADO/PROVÍNCIA : rio grande do sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por MARTÍN em Ter 24 Set 2013, 08:33

Poxa vida, fui dormir muito cansado ontem nem deu tempo de vir dar uma olhada no fórum, e agora pela manha, fiquei surpreso com as informações que nossa amigo José Carlos escreveu.

Parabéns José muito bom e bem colocada suas palavras, me sinto premiado em poder absorver seus conselhos e ponto de vista colocado aqui no fórum.

Grande abraço.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3175
Pontos : 4780
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por MARTÍN em Seg 12 Maio 2014, 15:40

É incrível como lemos relado de certos criadores indicando e afirmando que determinada farinhada é a melhor colocando dados e números expressivos de media de filhotes por casal, afirmando ser pela farinhada que esta usando.

Mas outro criador que utilizando da mesma farinhada passando por algum problema, logo relata que a culpa foi da tal farinhada.....rs

Sera que isto não é uma forma que os criadores utilizam para camuflar seus erros colocando a culpa em determinado produto isentando da responsabilidade que tem sobre o problema?

Devemos refletir e não ser uma "maria vai com as outras", procurem e analisem se suas aves gostam de tal produto;

FARINHADA É ALGO QUE TRANSFORMA CRIADORES GANANCIOSOS EM EMPRESÁRIOS DISPOSTO A ARRANCAR DINHEIRO DE PESSOAS QUE PERMITEM SER INFLUENCIADA POR COMENTÁRIOS DE TERCEIROS.

POR OUTRO LADO UMA BOA FARINHADA PRODUZIDA POR UMA EMPRESA HONESTA PODE TRAZER TRANQUILIDADE DE ESTAR ADMINISTRANDO UM PRODUTO QUE REALMENTE CONDIS COM OS DADOS DESCRITOS EM SEU ROTULO.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3175
Pontos : 4780
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por Sidiclei em Qua 30 Jul 2014, 19:30

Excelente artigo!
avatar
Sidiclei
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 15
Pontos : 19
Idade : 48
CIDADE/CITY : MAR DE ESPANHA
ESTADO/PROVÍNCIA : MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por Rodrigo Miranda em Sex 01 Ago 2014, 08:46

Parabéns, excelente tópico. Na minha opinião o negócio é não inventar muito e estudar sobre o assunto pra não cair no bico doce de vendedores mal intencionados...
avatar
Rodrigo Miranda
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 107
Pontos : 127
Idade : 38
CIDADE/CITY : Contagem
ESTADO/PROVÍNCIA : MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Propaganda gratuita, não obrigatória.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum