Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por UNIVERSO DOS CANÁRIOS em Qui 04 Jul 2013, 22:09

Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso?


I- Introdução
0 uso do Ivomec na criação de aves ornamentais começou como o de vários outros medicamentos, como antibióticos, antiinflamatórios, etc.: com adaptações de fármacos produzidos para mamíferos como cães, bovinos e até mesmo humanos, ou da avicultura de produção, onde considerando-se os pesos das aves, as doses são altíssimas.
A rigor esta atitude não é condenável pelo fato de que naquela época e até mesmo hoje haver uma carência de medicamentos específicos para passeriformes. Essa prática pode e até deve continuar por facilitar o tratamento de nossas aves, porém, se algumas observações básicas não forem feitas, isso pode levar ao fracasso, o melhor plantel do mundo.
A ivermectina (Ivomec está no mercado desde 1981 e até hoje é um dos antiparasitários de maior sucesso no tratamento de endoparasitas (nematóides), ectoparasitas (ácaros e piolhos sugadores). Isto se deve por sua ação particular no sistema nervoso (GABA) dos parasitas, o que dificulta o aparecimento de resistências.
Por essa capacidade de ação no sistema nervoso, começou-se a estudar uma possível ação, do fármaco no sistema nervoso dos hospedeiros (aves, bovinos, cães, etc.). detectando-se alguns efeitos colaterais em algumas raças de cães e também em animais que receberam superdosagem. Esses efeitos colaterais variam de incordenação motora e tremores transitórios, perda de fertilidade por algum tempo em mamíferos até mortes em alguns casos.
Devido à carência de estudos a respeito do uso e efeitos colaterais de ivermectina em aves, decidimos desenvolver um trabalho específico, em conjunto com o departamento de Farmacologia, Toxicologia e Patologia da USP, patrocinado pelo CNPq. Este trabalho ainda está em andamento sob os estudos da Dra. Camila G. Pontes (formanda da USP), e a cada nova fase, mais subsídios são somados aos resultados demonstrados a seguir:

II - Objetivos
A intenção de se tratar a ação e os possíveis efeitos colaterais da ivermectina em aves teve como principais objetivos confirmar a eficácia da dose recomendada no tratamento de endo e ectoparasitas, determinar os efeitos na reprodução (número de ovos, ovos brancos, morte embrionária e viabilidade de filhotes), além de fixar o que seria uma superdosagem prejudicial às aves.
Foram usados 36 casais de manons (Munia demonstica) em gaiolas separadas onde observou-se por 2 ninhadas os parâmetros reprodutivos acima indicados. Os dados foram anotados e logo após essas duas ninhadas. os casais foram divididos em quatro grupos para a administração da droga.

Grupo 1 - Controle injetado apenas propilenoglicol*(diluente)
Grupo 2 - Machos tratados com Ivomec
Grupo 3 - Fêmeas tratadas com Ivomec
Grupo 4 - Casal tratado com Ivomec

A aplicação foi feita na dose de 0,01 ml por kg de peso vivo (dose recomendada na literatura) por via intramuscular peitoral. Para conseguir um volume significativo para a aplicação houve necessidade de diluição do Ivomec em propilenoglicol. Observou-se a reprodução e na análise das ninhadas houve um aumento na produtividade (número de ovos e de filhotes) explicado pela desparasitação das aves.
A partir desta constatação começamos a aumentar as doses na ordem de 10 vezes para cada ninhada onde começaram a aparecer alterações reprodutivas como queda do número de ovos e/ou queda de fertilidade (ovos brancos).
Hoje o experimento continua e já está em uma dose bastante elevada sem apresentar sinais clínicos de efeitos nas aves, a não ser diminuição da reprodução.

III - Conclusões
1 - Confirmou-se a eficácia do Ivomec no tratamento de endo e ectoparasitas das aves ornamentais.
2 - Confirmou-se a dose recomendada e a ausência de efeitos colaterais tanto nas aves quanto na sua reprodução nessas condições.
3 - Confirmou-se o efeito prejudicial se usado em dose errada ou de forma continua.
4 - Em dosagens muito elevadas pode provocar convulsões, tremores, cegueira e até morte.
5 - É o medicamento de maior eficácia para o tratamento de ácaro de traquéia e com os resultados rápidos
6 - Pela dificuldade de diluição a campo, foram feitas algumas adaptações como colocar uma gota de seringa de insulina na musculatura do peito, ou usar a formulação Pour-on (azul) pingando no bico ou na nuca da ave.
7 - Seguindo essas formas de administração, não se consegue atingir doses prejudiciais podendo ser usado com segurança tanto para a ave quanto para a sua reprodução.
8 - O único cuidado deve ser com a época e a freqüência de administração do Ivomec, que deve ser determinada pelo veterinário responsável pelo plantel de acordo com a espécie, época de reprodução e grau de parasitismo.

IV - Considerações Finais
Esses dados foram extraídos de trabalho científico realizado por nós dentro da faculdade de Medicina Veterinária da USP e confirmados na prática em nossa criação situada no município de Batatais, São Paulo, onde tratamos diferenciadamente 3000 matrizes de 28 espécies de aves.

Rodrigo Silva Miguel
Médico veterinário e Criador de aves ornamentais - CCCC - 293
avatar
UNIVERSO DOS CANÁRIOS
FUNDADOR
FUNDADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 146
Pontos : 359
Idade : 3
CLUBE : FOB
CIDADE/CITY : BRASIL
ESTADO/PROVÍNCIA : BRASIL

Ver perfil do usuário http://www.universodoscanarios.forumeiros.com https://www.facebook.com/universodoscanarios1 https://twitter.com/https://twitter.com/UDOSCANARIOS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por ANGELO BASTOS em Ter 27 Ago 2013, 14:30

ALGUÉM JÁ PASSOU POR ISSO?
QUANDO PEGUEI A FÊMEA NA MÃO PARA JUNTAR AO MACHO NOTEI QUE ESTAVA CHIANDO, RESOLVI ADMINISTRAR O IVOMEC E NÃO JUNTAR O CASAL.
COM QUANTO TEMPO POSSO VOLTAR A JUNTAR, SEM INTERFERIR NA FASE DE REPRODUÇÃO ? ALGUÉM SABE ?
ABRAÇO


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1732
Pontos : 1988
Idade : 46
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por wagnercacique em Ter 27 Ago 2013, 14:39

Primeiro temos que avaliar a melhora, e dar um tempo para ela se reestabelecer, até porque dizem que o Ivomec atrapalha na reprodução.
Se eu junta-se seria só la pra Novembro.
avatar
wagnercacique
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 65
Pontos : 83
Idade : 53
CIDADE/CITY : Ramos
ESTADO/PROVÍNCIA : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por José Carlos Pereira em Ter 27 Ago 2013, 17:57

Amigos.
Mocinho ou vilão? Depende da situação. Dizem que a diferença entre medicamento e veneno é a dose.
Ivermectina é de uso em humanos há muitos e muitos anos. 
Bem indicada, pode produzir resultados ótimos. Mal indicada, pode, no mínimo, não resolver nada.
Uso nos canários-da-terra desde que a formulação para pássaros foi lançada no mercado, há uns oito anos. Nunca tive problemas graves, um ou outro caso de estimulação neurológica, com recuperação em minutos, e mais nada. Mas amigos curiozeiros já tiveram resultados ruins.
Abaixo alguns dados que escrevi em 2004.
José Carlos.
A ivermectina costuma ser bem tolerada pelos mamíferos, inclusive os humanos, havendo sinais de intoxicação do sistema nervoso central, ocasionando sinais como midríase (dilatação da pupila), tremores, ataxia (perda da coordenação dos movimentos voluntários levando à marcha igual a dos bêbados), letargia (sonolência) e até a morte somente quando usadas doses muito altas. Nas doses terapêuticas pode haver vômitos, náuseas, diarréia ou prisão de ventre, dor abdominal, falta de apetite, astenia (fraqueza muscular), sonolência, tontura, tremores, vertigem (desmaio, sensação de que tudo roda em volta) e urticária (erupção cutânea vermelha, saliente e pruriginosa). Os passarinheiros que a usam também afirmam ser segura, desde que não haja abuso da dose. Um dado interessante é a alta sensibilidade à ivermectina de cães, principalmente da raça collie, devendo ser muito bem pesado o uso da droga nesses animais. Uma reação interessante é a chamada reação de Mazzotti, provavelmente por reação alérgica à morte de grande quantidade de microfilárias após o tratamento da oncocercose;  nos casos leves há erupções na pele, dores nas juntas, febre, dor abdominal, aumento doloroso dos gânglios linfáticos, principalmente dos axilares, cervicais e inguinais,  e, nos casos mais graves, febre alta, taquicardia, hipotensão (queda da pressão arterial), vertigem, dores musculares, dor de cabeça, prostração, dores articulares, diarréia, edema facial e periférico que exigem tratamento intensivo. Também pode provocar ou exacerbar reações oculares como edema de pálpebra, uveíte (inflamação da camada pigmentada do olho e formada pela íris, coróide e corpo ciliar) anterior, limbite, ceratite (inflamação da córnea),  conjuntivite, coriorretinite e coroidite que, nos casos mais graves, podem levar à cegueira. O seu uso ainda não está aprovado em crianças menores de 5 anos (haveria a mesma limitação para os filhotes de pássaros?) e para mulheres grávidas. Pouca quantidade é encontrada no leite materno. Embora ainda não existam estudos de longo prazo sobre o potencial de carcinogênese (poder de provocar câncer) da ivermecina, não foram evidenciados sinais de genotoxicidade provocados pela droga. Em camundongos, usando-se altas doses, a ivermectina mostrou ser capaz de provocar teratogênese (capacidade de provocar anomalias físicas no feto), principalmente as fendas palatais (goela de lobo no linguajar popular dos humanos). Não foram demonstrados efeitos adversos sobre a fertilidade de ratos em estudos repetidos usando doses proporcionalmente até 3 vezes maiores do que as recomendadas nos humanos. Alguns criadores comentam uma infertilidade temporária em alguns dos seus pássaros, mas creio, pelo menos até o momento, que sejam somente coincidências sem valores estatísticos e incapazes de sustentar cientificamente a hipótese.
O uso da ivermectina em aves, principalmente pássaros, parece ser promissor nos ectoparasitas  e nos temíveis ácaros da traquéia. Mas, como não há apresentação para pássaros (no momento já existe), pelo menos no Brasil, todo o cuidado é pouco na adaptação de doses de produtos usados em mamíferos. O experiente italiano Francesco Chieppa a usou em cinco canários com manifestos sinais respiratórios determinados pela acaríase determinada pelo Esternostoma traqueacolum. Usou a dose única de 0.03 ml, via oral, do produto Ivomec, usando uma seringa de insulina para facilitar o doseamento. Após dez dias os três canários do primeiro grupo tratado não apresentavam sinais da doença, tendo um canário de três anos apresentado, uma semana após ter tomado o medicamento, alteração do apetite, emagrecimento, asas caídas e penas eriçadas; não houve sinais neurológicos. No segundo grupo tratado, constituído por dois canários, um macho de três anos, dentro de uma hora após tomar o medicamento, apresentava depressão sensorial, fotofobia (hipersensibilidade à luz), falta de coordenação motora, letargia (estado de indiferença ou sonolência), taquipnéia (respiração muito acelerada) chegando a estado de narcose (sono provocado, com diminuição ou anulação dos reflexos e relaxamento muscular), sinais que foram desaparecendo num período de 12 horas. O autor recomenda diminuir a dose para 0.02 ml nas aves mais velhas. Como foi dito, é do conhecimento dos veterinários que 50% dos cães da raça collie apresentam reações neurológicas (salivação, tremores, ataxia, vômitos, desorientação e depressão que terminam, geralmente, em morte) quando recebem doses maiores do que 50 mcg/kg de ivermectina; admite-se que essa raça de cães apresente uma sensibilidade genética maior ao medicamento. Essas reações já foram descritas em outras raças de cães como os beagles e pastores de Shetland. Estudos brasileiros mostraram que a dose única de 0.01 ml/kg (para obter maior volume e facilitar a aplicação o pode ser diluído em propilenoglicol) de Ivomec aplicada no músculo peitoral do pássaro não provocou reações colaterais.
      Os passarinheiros, como sempre criativos, já tentaram a ivermectina injetável, oral ou nasal e, agora, usam o Ivomec Pour On (formulação azul), o qual, aplicado na pele chega à corrente sangüínea provocando efeitos gerais contra endo e exoparasitas. Usando a seringa de insulina montada com agulha aplicam 1 a 2 gotinhas na parte externa e mais alta de uma das coxas da ave, tendo o cuidado de evitar banho por umas 48 horas (alguns deixam os pássaros sem banho por 4 a 5 dias). Os resultados parecem ser bons, mas têm aparecido alguns poucos casos de intoxicação e até mortes. No exterior há preparações contendo 10 mg/ml de ivermectina, havendo trabalhos que indicam dose única de 200 microgramos (um micrograma é a milionésima parte de um grama) via oral, preferencial, ou intramuscular, podendo ser repetido mensalmente se necessário;para facilitar a dose, pode ser diluído em propilenoglicol a 1:10.
      Os esquemas com o Ivomec Pour On variam um pouco. Uma gota, da seringa de insulina montada com agulha, na parte externa superior da coxa e repetida após 14 dias. Geralmente não colocar água para o banho do pássaro durante, pelo menos, 48 horas. Outros colocam a gota na parte alta do dorso do pássaro, entre as asas e ainda outros usam a gota na ponta da asa. Há quem use uma gota em cada coxa, repetindo o procedimento após 15 dias deixando o pássaro dois dias sem banho. E ainda outros que usam duas gotas em cada coxa sem repetição. Cito esses exemplos como ilustração. Não aconselho usar esse ou aquele esquema sem a orientação do único profissional qualificado para isso, o veterinário.
       Faço algumas considerações finais que todo criador que decidir usar o Ivomec Pour On em suas aves deve ter na cabeça:
      -Como qualquer produto, é potencialmente tóxico;
      -Ainda não existe no Brasil apresentação específica para pássaros, sendo usada a apresentação para bovinos. Logicamente, a dose vai na orelhada. Para o uso tópico, na nuca mais especificamente, acaba de ser lançado no Brasil produto contendo ivermectina especialmente preparado para pássaros (Allax);
      -Existem diversos esquemas de uso, mostrando que ainda pairam dúvidas na cabeça dos criadores e dos profissionais qualificados quanto a dose adequada;
      -Mesmo nas doses terapêuticas pode haver efeitos colaterais, até mortais, em algumas espécies de aves e mesmo em alguns indivíduos de uma espécie normalmente tolerante ao medicamento;
      -As experiências práticas dos criadores em relação às intoxicações são variadas. Muitos não observaram qualquer efeito colateral, outros notaram que alguns pássaros apresentaram sinais de intoxicação leve e alguns chegaram a perder aves durante o uso do medicamento;
      -É inquestionável o seu valor no tratamento de alguns endo e exoparasitas.
      Portanto, ao fazer uso da ivermectina, o criador deve pesar bem o risco/benefício, assumir as suas responsabilidades e não ficar culpando terceiros pelas suas agruras. E nunca é demais frisar: consulte o seu veterinário. Antes que falem que estou legislando em causa própria, afirmo que não sou veterinário.
PS : Anexo Mail do Sr. Francesco Chieppa que, sem dúvida, pela sua importância na Ornitofilia, engrandece o trabalho:
Gentile Dott. Pereira,
 
La ringrazio per aver citato la mia esperienza di impiego dell'Ivermectina, per la terapia dell'Acariasi respiratoria del canarino. Quanto ha riferito nel suo articolo, pubblicato in Internet: "IVERMECTINA" - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
 
fu da me pubblicato sul n°2/91 del periodico italiano di ornitologia: "Italia Ornitologica". Allora provavo ad utilizzare l'Ivermectina pura; oggi utilizziamo delle diluizioni in Glicole propilenico, alla percentuale di 1 : 9, somministrate sempre per via orale, mediante dosaggi ripetuti con frequenza di una settimana/dieci giorni, per quattro/cinque volte consecutive. La terapia ha ottima efficacia, senza grossi effetti collaterali.
 Lieto dell'incontro, la saluto molto cordialmente.
 Francesco Chieppa - Italia
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

 
avatar
José Carlos Pereira
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 229
Pontos : 263
Idade : 76
CIDADE/CITY : Cruzeiro
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por MARTÍN em Ter 27 Ago 2013, 19:46

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
PS : Anexo Mail do Sr. Francesco Chieppa que, sem dúvida, pela sua importância na Ornitofilia, engrandece o trabalho:
Gentile Dott. Pereira,
 
La ringrazio per aver citato la mia esperienza di impiego dell'Ivermectina, per la terapia dell'Acariasi respiratoria del canarino. Quanto ha riferito nel suo articolo, pubblicato in Internet: "IVERMECTINA" - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
 
fu da me pubblicato sul n°2/91 del periodico italiano di ornitologia: "Italia Ornitologica". Allora provavo ad utilizzare l'Ivermectina pura; oggi utilizziamo delle diluizioni in Glicole propilenico, alla percentuale di 1 : 9, somministrate sempre per via orale, mediante dosaggi ripetuti con frequenza di una settimana/dieci giorni, per quattro/cinque volte consecutive. La terapia ha ottima efficacia, senza grossi effetti collaterali.
 Lieto dell'incontro, la saluto molto cordialmente.
 Francesco Chieppa - Italia
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

 

Me permita José Carlos postar a tradução do e-mail na intenção de facilitar a leitura.

(tradução feita pelo Google Tradutor)

Caro Dr. Pereira,
 
Obrigado por mencionar minha experiência com o uso de ivermectina para o tratamento de canário dell'Acariasi respiratório. Conforme relatado em seu artigo, publicado na Internet: "ivermectina" - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / canarioivermec.htm
 
foi publicado por mim no n º 2/91 da revista italiana de Ornitologia: ". italiano Ornitológico" Então eu tentei usar a Ivermectina puro; uso hoje das diluições em propilenoglicol, na proporção de 1: 9, sempre administrado por via oral, por meio de doses repetidas com uma freqüência de uma semana / dez dias, durante quatro / cinco vezes consecutivas. A terapia tem excelente eficácia, sem grandes efeitos colaterais.
Ainda bem que o encontro, dirijo as minhas saudações.
Francesco Chieppa - Italia
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3095
Pontos : 4635
Idade : 38
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/universocriadouro/ https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por José Carlos Pereira em Ter 27 Ago 2013, 19:52

Obrigado, caro Martin.
Postei só a parte final do trabalho. Achei ser a mais interessante no caso presente. 
José Carlos.
avatar
José Carlos Pereira
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 229
Pontos : 263
Idade : 76
CIDADE/CITY : Cruzeiro
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por wagnercacique em Seg 13 Jan 2014, 15:32

Pela dificuldade de diluição a campo, foram feitas algumas adaptações como colocar uma gota de seringa de insulina na musculatura do peito, ou usar a formulação Pour-on (azul) pingando no bico ou na nuca da ave. 

Baseado no texto acima, retirado do item 6 do texto disposto, quero tirar uma dúvida de vez. O Ivomec tem incolor e azul?
Pois ao procura-lo, encontrei-o incolor e não azul como ja ouvi alguns amigos falarem

Obg
avatar
wagnercacique
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 65
Pontos : 83
Idade : 53
CIDADE/CITY : Ramos
ESTADO/PROVÍNCIA : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Francisco C. Bom em Qua 15 Jan 2014, 10:14

Ola Wagner

Até onde sei, o incolor é o Injetável e o azul é o Pour-on.

Veja este o injetável.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Esse é o Pour-on
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1797
Pontos : 2137
Idade : 63
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por wagnercacique em Qua 15 Jan 2014, 13:33

É pelo jeito dei sorte, pois  usei o incolor pingando uma gota na nuca e 15 dias repetindo a dose e os sintomas desapareceram.
Mas procurarei o azul para não ter problemas futuros.
Obg
avatar
wagnercacique
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 65
Pontos : 83
Idade : 53
CIDADE/CITY : Ramos
ESTADO/PROVÍNCIA : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por ANGELO BASTOS em Qua 15 Jan 2014, 17:14

WAGNER,
MAIS ACIMA CITEI QUE PINGUEI O IVOMEC EM UMA FÊMEA E FOI DIRETO NO BICO.
JUNTEI EM NOVEMBRO COMO VC FALOU E TIREI DOIS FILHOTES SEM PROBLEMA.
DEIXEI TIRAR UMA VEZ SÓ PQ EM MINHA CIDADE ESSA ÉPOCA É MUITO CALOR.
VALEU.
ABRAÇO


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1732
Pontos : 1988
Idade : 46
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por ANGELO BASTOS em Qua 12 Fev 2014, 21:48

NO TEXTO ACIMA CITA QUE SERVE PARA PIOLHO.
HOJE ADQUIRI DOIS SDR QUE ESTAVAM SE COÇANDO UM POUCO.
ADMINISTREI UMA GOTA EM CADA BICO.
ALGUÉM JÁ USOU COM ESSA FINALIDADE.
RESULTADOS POSITIVOS ?
SE FICAREM EM GAIOLAS SEPARADAS E DENTRO DO BANHEIRIL E SE ESTIVEREM COM PIOLHO CORRO O PERIGO DE PASSAR PARA OUTRAS AVES.
É A PRIMEIRA VEZ QUE TRAGO AVES DE FORA PARA O BANHEIRIL.
ABRAÇOS

O DIFÍCIL DE FAZER A QUARENTENA É A FALTA DE ESPAÇO.
ESTÃO DORMINDO LÁ DENTRO. RS ...

ABRAÇOS


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1732
Pontos : 1988
Idade : 46
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por MARTÍN em Qua 12 Fev 2014, 22:06

Angelo, para piolho e ácaros tem que fazer a aplicação.....arrancar algumas penas e pingar uma gota da agulha sobre o local.





[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3095
Pontos : 4635
Idade : 38
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/universocriadouro/ https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por ANGELO BASTOS em Qua 12 Fev 2014, 22:48

MARTIN,
EU PINGUEI DIRETO NO BICO.
NÃO RESOLVE ?
ABRAÇO


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1732
Pontos : 1988
Idade : 46
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por MARTÍN em Qua 12 Fev 2014, 23:28

Pelo que sei o ivomec se degrada no estomago, o correto e fazer com que ele entre na corrente sanguina exterminando assim os piolhos sugadores.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3095
Pontos : 4635
Idade : 38
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/universocriadouro/ https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por ANGELO BASTOS em Qua 12 Fev 2014, 23:31

OK MARTIN,
GRATO PELA AJUDA.
ABRAÇO


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
ANGELO BASTOS
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1732
Pontos : 1988
Idade : 46
CIDADE/CITY : CABO FRIO
ESTADO/PROVÍNCIA : RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Francisco C. Bom em Sex 14 Fev 2014, 16:59

Ola amigos.

Assim que terminar a muda dos filhotes, aplicarei Ivomec Pour-on em todos.

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1797
Pontos : 2137
Idade : 63
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Ham em Sex 14 Fev 2014, 18:38

Onde vcs conseguem Ivomec Pour-on fracionado? E so vejo embalagens de 1 litro.


Última edição por Ham em Sex 14 Fev 2014, 20:19, editado 1 vez(es)
avatar
Ham
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 156
Pontos : 172
Idade : 42
CLUBE : KE/286 e KC/286
CIDADE/CITY : Jales
ESTADO/PROVÍNCIA : S.P.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por MARTÍN em Sex 14 Fev 2014, 19:19

Ham eu não uso Pour-On eu utilizo o "Bovino" mesmo e não tenho tido problemas seja com mortes ou infertilidade, mas minha dosagem é de uma gota da agulha sobre o local aonde arranco as penas.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3095
Pontos : 4635
Idade : 38
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/universocriadouro/ https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Ham em Sex 14 Fev 2014, 20:24

Td bom, Martin?

Vou tentar usar esse entao. Eu gostaria te experimentar outro produto alem do Allax. Pois já tive pássaros chiando, no passado, e nao via melhora apos a aplicação.


Última edição por Ham em Sab 15 Fev 2014, 13:00, editado 1 vez(es)
avatar
Ham
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 156
Pontos : 172
Idade : 42
CLUBE : KE/286 e KC/286
CIDADE/CITY : Jales
ESTADO/PROVÍNCIA : S.P.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por MARTÍN em Sex 14 Fev 2014, 20:47

Beleza Ham.....Então assim que eu for para Jales te levo o Ivomec.



Abraço.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3095
Pontos : 4635
Idade : 38
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/universocriadouro/ https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por jairo portugal em Sex 04 Abr 2014, 20:44

filhotes de 15 dias pode usar o ivomec!?
eles ta se cosando mto. no ninho.
avatar
jairo portugal
Membro
Membro


BRASIL
Mensagens : 53
Pontos : 77
Idade : 61
CIDADE/CITY : simões filho - ba.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Francisco C. Bom em Sex 04 Abr 2014, 21:42

Ola Jairo, boa noite.

Não sei lhe dizer se pode ser usado em filhotes, mas temos um tópico aqui que talvez ajude, de uma olhada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

abraços
avatar
Francisco C. Bom
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 1797
Pontos : 2137
Idade : 63
CLUBE : COCAD
CIDADE/CITY : Santo André
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/francisco.c.bom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por sergio antonio dos santos em Dom 06 Abr 2014, 08:53

Bom dia !

Encotrei o ivomec Pour on azul fracionado na loja fabinhos , recebi via correio.


Até +
avatar
sergio antonio dos santos
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 20
Pontos : 27
Idade : 53
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : Penha - ZL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Ham em Dom 06 Abr 2014, 13:19

Obrigado pela dica, Sergio!
avatar
Ham
EX-MODERADOR
EX-MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 156
Pontos : 172
Idade : 42
CLUBE : KE/286 e KC/286
CIDADE/CITY : Jales
ESTADO/PROVÍNCIA : S.P.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Ivomec: Mocinho? Vilão? Ou outra vítima de mau uso.

Mensagem por Johnny Pet 13 em Dom 06 Abr 2014, 22:15

Uso o do clube, uma gota na coxa, e seus problemas acabaram... =D
avatar
Johnny Pet 13
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 91
Pontos : 98
Idade : 30
CLUBE : ABCO
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário http://www.pet13.com https://www.facebook.com/JohnnyPet13 johninjaz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum