5 fatos interessantes sobre os canários

Os canários são, além de lindos, pássaros inteligentes e encantadores. Clique aqui e conheça a história, a origem e as características dessas belas aves com canto harmonioso.

Os canários representam uma espécie de aves, bastante popular hoje em dia. São muito reconhecidos diante das suas cantorias e, por conta disso, também são chamados de pássaros canoros – aqueles que têm um canto harmonioso. Mas nem sempre eles foram animais de estimação, você sabia?

Conheça a história de origem e algumas características exclusivas dos canários aqui, no Universo dos Canários!

5 fatos interessantes sobre os canários

A origem dos canários

Serinus canaria é o nome científico da espécie dos canários e ela é natural das Ilhas Canárias, localizada na costa oeste africana. Esses pássaros, há muito tempo, foram transportados e, atravessando o oceano Atlântico, chegaram no continente americano – de norte a sul. Hoje em dia, os canários ainda vagam por algumas regiões do Havaí e de Porto Rico.

Então, os seres humanos começaram a domesticá-los. Ao longo de centenas de anos, os canários selvagens estavam sendo selecionados – agora com penas extremamente brilhantes e canções mais altas. Como essa linhagem se diferenciou bastante da original, os cientistas decidiram designá-la como uma subespécie, conhecida pelo nome Serinus canaria domesticus.

Apesar da cor amarela ser a mais famosa, também é possível encontrar esses pássaros nas seguintes colorações:

  • Branco
  • Rosa
  • Laranja

Características exclusivas dos pássaros canários

Você sabe identificar as características particulares dos canários? Então, continue lendo.

1 – Saiba diferenciar um canário selvagem de um domesticado através da sua cor

As cores da pelagem de um canário podem te informar se ele é selvagem ou domesticado.

A verdade é que as cores mais sólidas não aparecem naturalmente na natureza – então, os criadores deram origem aos canários de cor sólida – como o tão popular canário amarelo. Além disso, o nome dado a essa espécie está bastante relacionada com o seu talento musical.

2 – Canários são enviados para minas de carvão para ajudar

No começo do século XX, os canários foram levados para minas de carvão a fim de ajudarem a detectar os vazamentos de carbono e outros gases perigosos à saúde de todos os seres vivos.

Você sabe por quê?

Esses pássaros absorvem duas vezes mais ar do que nós, seres humanos, em apenas uma única respiração. Sendo assim, ao inalarem os gases tóxicos, os canários apresentariam sinais de envenenamento antes do que os seres humanos. Dessa forma, os mineiros teriam a chance de evacuar das minas antes que fosse tarde demais.

3 – Canários machos são cantores melhores

Assim como os pavões machos e a sua bela plumagem, os canários machos evoluíram – ao longo de milhões de anos – para serem mais talentosos musicalmente do que as fêmeas.

Os canários usam a sua cantoria para atrair as suas parceiras. Então, quanto mais alta e complexa, maior a sua chance de atrair uma fêmea para o acasalamento.

Ainda, os machos também usam as suas canções para marcar o seu território e, consequentemente, impedir que outros machos invadam o seu espaço. Os canários machos domesticados mantêm esse instinto de cantar. Não se assuste se o seu pássaro quiser chamar a atenção, mesmo dentro de casa.

4 – Canários incentivaram a pesquisa linguística

Canary Row era um curta de desenho animado, da década de 50, e apresentou o mais icônico canário amarelo – conhecido como Tweety Bird.

Ele inspirou diversas pesquisas linguísticas em todo o mundo – onde as gesticulações e a comunicação não-verbal, que era usada no curta-metragem, ajudou diversos pesquisadores a obter diferentes informações sobre a comunicação em conjunto com os movimentos físicos espontâneos.

5 – Conexão etimológica entre canários e cães

A lenda diz que as Ilhas Canárias receberam esse nome devido à invasão dos cães selvagens em uma das ilhas.

Um chefe nativo, que explorava as ilhas, descobriu que a maior delas estava sendo invadida por uma matilha de cães selvagens. Então, ele a denominou como Ilha Canária – em latim, canis significa cães.

Recent posts

Menu

Pages